Tag: casamento

Vantagens de fazer a cerimônia e festa no mesmo local.

Olá minhas belezuras de noivinhas, tudo bem com vocês?

Hoje vamos falar um pouco sobre as vantagens de se fazer a cerimônia e a festa de casamento no mesmo loca. Isso está se tornando muito mais comum, o desejo de se casar no campo, na praia ou até mesmo em um restaurante charmoso para poucas pessoas, é tendência entre as noivinhas, e eu particulamente acho puro charme. E digo mais, fazer as duas coisas no mesmo lugar, tem sim muitas vantagens para quem ainda está em dúvida em fazer ou não. Vem comigo!

1- Evitar deslocamento – hoje com o trânsito que temos em nossas cidades, fazer esse deslocamento pode não ser uma tarefa fácil, se tiver chovendo ou até mesmo acontecer algum acidente no caminho, as pessoas vão demorar para chegar no local da festa, e não é legal. Não precisar se deslocar pela cidade, pode ajudar e muito os seus convidados.

2 – Praticidade – ter os dois eventos em um local único, facilita e muito na organização dos fornecedores contratados, e é bem mais fácil ter controle de tudo, assim os noivos podem ficar mais tranquilos e aproveitar o máximo do dia.

3 – Economia – sim, ao realizar a cerimônia e a festa no mesmo local, os custos podem sim sair mais em conta, pois você não terá que gastar com dois locais diferentes, decoração diferente, tudo se concentra em um local só, o fornecedor costuma ser um só, e o poder de barganha pode ser melhor. Além de ser mais fácil combinar as cores da decoração, e tudo ficar em perfeita sintonia.

4 – Local inusitado – como eu disse no campo, na praia, na fazenda ou até em um restaurante, fazer os dois eventos no mesmo local, lhe permite escolher locais que fogem daqueles mais tradicionais, trazendo até mesmo mais personalidade a sua festa e a história dos noivos.

5 – Não precisa dividir decoração com outras pessoas – uma igreja costuma realizar varios casamentos no mesmo dia, o que deixa um pouco limitado a escolha da decoração dos noivos e muitas vezes tendo que dividir com outros noivos os gostos podem não combinar.

6 – Ótimas fotos – por conta da escolha do local, você consegue fazer fotos maravilhosas e bem diferentes do tradicional, o cenário contribue e muito e até mesmo o tempo, pois você não vai precisar de deslocar.

Iai noivinhas, gostaram das dicas? Me conta aqui quem vai casar ou tem esse desejo de fazer tudo em um local.

Um super beijo e até o próximo post!

Grace Medeiros.

Como escolher o vestido de noiva, sem crise.

Olá minhas noivinhas belezuras, tudo bem com vocês?

Gente, tem momento mais esperado por uma mulher nessa fase da vida do que a escolha do vestido de noiva?! Não né, é tanta emoção, tanta ansiedade para escolher o vestido ideal, tantos programas de noivas assistidos hehe e quando chega a nossa hora o nosso momento, ficamos em transe com tudo. Mas esse momento tão mágico e único nessa fase pode acabar se tornando um pesadelo caso você deixe de lados essas dicas que vou listar aqui, para você escolher seu vestido sem crise e sem neura.

1ª Dica: Conheça seu orçamento.

Essa dica é a primeira de todas porque ela é muito importante, não queremos nesse dia nos frustar ou ter qualquer imprevisto mal desejado né, então quando for para escolher seu vestido, esteja ciente de até quando você pode gastar, qual o seu real budget e avise as pessoas que irão com você para que elas também entenda seu orçamento e não fiquem insistindo para você ver vestidos que vão além do que você pode pagar.

2ª Dica: Lembre-se do local do casamento.

Isso mesmo, eu sei,  vão ter vários vestidos de todos os estilos possíveis, mas lembre bem do local da sua cerimonia/festa para que você tenha um vestido adequado para o momento e local. E não se desespere mais cedo ou mais tarde você vai encontrar o seu vestido.

3º Dica: Escolha o vestido com antecedência.

Simmm, isso é muito importante, nada de deixar tudo para a ultima hora, esse é um momento muito especial e tem que ser visto com calma, com muita pesquisa e não na correria e de qualquer jeito, por isso programe-se faça uma lista das lojas que você quer ir visitar, deixe esse dia o mais mágico possível.

4º Dica: Pesquise.

Antes de ir visitar qualquer loja, pesquise bastante modelos, estilos e design, veja qual é o seu favorito, qual faz mais seu estilo e o estilo do casamento, separe inspirações e referencias, o pinterest tá aí pra isso amores hehe, e claro leve todas as suas referencias para a visita, pois quando você chega na loja tem infinitos modelos, isso pode ser bom como pode ser ruim e confundir mais ainda sua cabeça.

5ª Dica: Mente aberta.

Eu sou prova viva disso hehe, apesar de sempre pesquisar muitos e muito modelos, eu sempre tive uma visão para o vestido que eu queria, mas quando fui provar o meu e a moça trouxe o modelo que eu sempre desejei, vi que não era tudo aquilo que imaginei, o modelo era lindo sim, para outro perfil de noiva, outro perfil de corpo até mesmo, em mim não ficou como eu imaginava, e meninas se eu não tivesse com a mente aberta para provar outros modelos e estilos eu teria saído de lá chorando e frustrada. Por isso pesquisar sempre, mas engessar nunca, esteja aberta a outras possibilidades, você pode descobrir muita coisa a seu respeito hehe.

6ª Dica: Conheça seu corpo.

Essa dica como todas as outras é importante também, pois ninguém melhor do que nos mesmas para saber o que fica bom no nosso corpo, por isso conheça bem sua silhueta e valorize o que você tem de melhor e o que você mais gosta, e ai sim você vai se sentir linda e plena.

7ª Dica: Leve reforço.

Eu sou super a favor de levar reforços para lhe ajudar a decidir qual vestido escolher, detalhe ajudar VOCÊ a escolher o vestido e não escolher por você né. Tente levar pessoas mais próximas, mãe, irmã, madrinha ou sogra, menos é mais nessas horas, pois muita gente com muitas opiniões pode ser devastador.

8ª Dica: Escolheu? Pare de procurar.

Decidiu seu vestido, aquele vestido é o seu vestido ideal, estava nas condições que você pode pagar e tudo, então pare agora de procurar, porque se ficarmos procurando vamos achar outros e mais outros modelos e isso só vai fazer confundir a nossa cabeça, e fazer até mesmo você se questionar se o vestido que você escolheu é aquele mesmo, e não queremos isso né, somos noivas decididas e bem resolvidas hehe.

9ª Dica: Se programe para extras.

Sim, além do vestido, terá os acessórios como véu, tiara, coroa, brincos, sapatos e por ai vai, então esteja ciente que além do seu orçamento para o vestido, você terá esses gastos para completar todo o seu look.

10ª Dica: Faça um contrato.

Como qualquer outro fornecedor do seu casamento o contrato do seu vestido é primordial, pois tudo que está escrito é o que vale, o boca a boca não é garantia de nada, fique atento as clausulas, e a tudo que foi combinado ou dado de cortesia e por ai vai.

Iai meus amores, gostaram das dicas? Vamos escolher o vestido sem crise então? hehe

Me contem aqui o que vocês acharam.

Um super beijo e até o próximo post!

Grace Medeiros.

#voucasa! Tudo sobre Regime de Bens.

Olá Belezuras, tudo bem?

Esse assunto para alguns noivos pode ser bem chatinho, até porque quando iremos casar ou nos casamos, queremos apenas pensar na cerimonia e festa né mesmo, toda a parte de papelada, burocracia e bens como diz o nome sempre acaba em um mal estar, até porque estamos falando de compromisso perante a sociedade e a lei. Mas bem, não temos como não deixar esse assunto de lado, por isso nesse post irei falar um pouco mais sobre cada regime de bens adotar no casamento e como eles funcionam. Vem comigo!

1º COMUNHÃO PARCIAL DE BENS – Todos os bens adquiridos após a data do casamento serão comuns ao casal. Todo e qualquer bem adquirido individualmente antes do casamento, é de propriedade individual de cada um, até mesmo herança.

2º COMUNHÃO UNIVERSAL DE BENS – Todos os bens atuais e futuros de ambos os cônjuges serão comuns ao casal. Para dar entrada a esse tipo de regime, o casal deve ir ao cantorio de notas e faça uma escritura anti-nupcial, antes mesmo de dar entrada no casamento no cartório.

3º SEPARAÇÃO TOTAL DE BENS – Todos os bens atuais e futuros de ambos os cônjuges permanecerão sempre de propriedade individual de cada um. Para dar entrada a esse tipo de regime, o casal deve ir ao cantorio de notas e faça uma escritura anti-nupcial, antes mesmo de dar entrada no casamento no cartório.

Iai meus amores, ajudei vocês? Eu espero que sim, se tiverem alguma dúvida deixem aqui nos cometários, e opiniões também.

Um super beijo e até o próximo post!

Grace Medeiros.