Tag: saúde

Bolo sem farinha e sem açúcar!

Bom dia meninas,

Tudo bem com vocês?

Espero que sim 😉

Vamos começar a semana com um post diferente – receitinha especial de um bolo de banana que eu amooo, feito sem farinha e sem açúcar!

Ingredientes:

  • 3 bananas nanicas bem maduras (muito maduras mesmo)
  • 1 xícara de uvas passas
  • 2 ovos
  • 1/4 de xícara de óleo (eu uso de canola)
  • 1 xícara de aveia (pode usar da sua preferência)
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Opcional:

  • Castanha do Pará (em média 10 unidades)
  • Canela a gosto (eu sempre coloco e fica maravilhoso)
  • Chia ou Linhaça para que o bolo tenha propriedades funcionais (geralmente 2 colheres não interferem na receita)

Modo de preparo:

Bater primeiro as bananas, ovos e óleo. Acrescentar as passas e a aveia aos poucos.
Depois que tiver bem uniforme colocar a canela e o fermento e pronto.

Eu unto com margarina light sem sal e coloco um pouco de farinha (pode escolher a farinha que você preferir – por exemplo a farinha de arroz é uma ótima opção) nas forminhas, depois é só colocar pra assar no forno pré aquecido e ir acompanhando com um palito de dente ( basta ver se o palito não sai molhado, porque nesse caso ainda estaria crú).

Bolo de Banana
Foto do bolo feito pela Panelaterapia – receita bem parecida!
Esse bolo foi feito por mim – reparem como ele fica mais escuro por causa da canela

 

Uma dica para os intolerantes ao glúten seria a substituição da aveia por quinoa em flocos.

Eu gosto de fazer em forminhas individuais para que fique uma porção mais precisa, e a gente não acabe exagerando nas fatias rs

Esse bolo realmente é muito gosto, e vale a pena fazer como lanche ou sobremesa!

Espero que tenham gostado da receitinha…
Até semana que vem,

Beijoos
Samara Lampreia

Como Desintoxicar o Organismo!

Boaa tarde meninas, tudo bem??

Como foi o feriado de vocês? Muitas coisas gostosas para comer? rs

Normalmente acabamos exagerando na comida em períodos assim, e isso é normal, mas agora é a hora de correr atrás do prejuízo dos excessos!

Acho muito interessante fazer um período curto de desintoxicação no organismo para que ele fique livre das toxinas e a gente volte com a rotina mais leve.

De acordo com a nutricionista Tatiana Zanin, a desintoxicação do organismo consiste no processo de eliminação dos desperdícios e das toxinas acumuladas. Essas toxinas são substâncias nocivas originadas como consequência da ingestão de componentes químicos utilizados pela indústria alimentar, como os aditivos, conservantes, corantes, adoçantes ou mesmo a poluição.

Existem várias formas de desintoxicar nosso organismo, e quando utilizadas em conjunto o resultado será potencializado…

Evitar produtos industrializados (mesmo na versão light/diet) – a maioria contém sódio e gordura, e nesse período é interessante passar longe desses elementos

Alimentos industrializados geralmente possuem sódio, gordura e conservantes – por isso é bom evitar!

Evitar café e açúcar

Beber bastante água

Ingerir sucos DETOX pela manhã em jejum!

Existem várias receitas de suco, mas a minha preferida é: 1 folha de couve, 1 fatia de abacaxi, 1 pedaço de gengibre e ½ copo de água de coco

 

 

Beber bastante chá – hibisco, chá verde, pirulina, cavalinha, entre outros…

Chá de hibisco evita o acúmulo de gordura - Foto: Getty Images
Chá de hibisco – sabor mais suave que dos outros chás

Aumentar o consumo de fibras – muita verdura (preferência para as de cores escuras)

Dicas para desintoxicar o organismo

Evitar o consumo de leite e derivados

O ideal é sempre dar preferência aos alimentos da forma mais natural possível, então está liberado hortaliças, vegetais e frutas (preferência para as cítricas). Quanto as proteínas, a melhor opção é frango e peixe, evitando então carne vermelha e de porco,

Geralmente a desintoxicação deve ocorrer num período de 3 a 7 dias, mas lembre-se de sempre procurar um nutricionista para que ele adeque os alimentos no seu cardápio.Essas dicas são apenas para auxiliar a uma alimentação melhor, mas cada organismo funciona de uma maneira e devemos respeitar essa individualidade;)

Espero que tenham gostado e até semana que vem!

Beijos
Samara Lampreia

Como reduzir a vontade de comer doces!

Bom dia meninas, estão bem??

Espero que tenham aproveitado o fim de semana tanto quanto eu, que deixei de lado a dieta pra comemorarmos o aniversário do meu noivo – sem peso na consciência!

Essa comemoração inclui bolo, doces, lanche e churrasco! Se eu comi tudo isso? Sim eu comi, e volto a repetir que sou uma pessoa normal e não me privo de comer coisas que esteja com vontade… Mas é preciso tomar cuidado para não perder o controle da situação!

A prova do crime rs

Eu geralmente abuso apenas nas refeições que são principais, por exemplo, no sábado íamos numa lanchonete a noite, então mantive meu café da manhã e almoço mais leve e na parte da tarde comi sorvete e a noite lanche – sendo assim dei uma equilibrada, pra não estragar o dia inteirinho!

Bom mas vamos agora ao assunto dos doces, que costuma ser o maior vilão das mulheres rs

Geralmente o consumo contínuo do açúcar (que está presente em praticamente todos os doces) acabam causando uma “dependência”, o que torna um problema para quem o come constantemente, porque gera aquele ciclo vicioso: quanto mais doce se come, mais doce se quer comer.

 

Existem algumas dicas que eu gosto bastante para reduzir a vontade de comer esse doces “ruins”, que contém muito açúcar na composição e não agregam qualidade na nossa alimentação.

Comer alimentos que contenham triptofano, que ajuda na formação de serotonina, proporcionando então sensação de bem estar

Alimentos ricos em triptofano
Alimentos ricos em triptofano: carnes (principalmente peixe), leite e derivados e ovos

 

Alimentos ricos em triptofano
Alimentos ricos em triptofano: amendoim, grão de bico e ervilhas frescas

 

Comer de 3 em 3h, ou quando sentir fome (não precisa esperar necessariamente as 3h para comer se você está com fome antes disso), porém é preciso saber distinguir fome de vontade de comer. Se você está sempre bem alimentada, diminui muito a chance de querer comer algo que não seja necessário, por isso é muito importante não ficar longos períodos em jejum

Evite pular refeições

Substituir alimentos comuns por opções integrais, que contenham propriedades mais benéficas!

Exemplo: o coockies integral feito com açúcar demerara, se torna uma opção muito melhor do que um coockies comum

Comer chocolate acima de 70% por causa do alto teor de antioxidantes, ajuda na saciedade (contém muitas fibras), melhora o astral e ajudar a diminuir o colesterol ruim

O consumo regular de chocolate amargo, com um percentual superior a 70% de cacau, pode nos ajudar a manter-nos acordados e favorecer o aprendizado, graças a seu teor de flavonoides

 

Espero que tenham gostado dessas dicas, e se tiver algum tema que queiram que eu fale é só colocar aqui nos comentários…

Beijos e até semana que vem 😉

Samara Lampreia